sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Como um búzio


Anda cá... Chega-te aqui perto... mais perto...
Agora, de mansinho, encosta o ouvido ao lado esquerdo do meu peito... Não faças barulho! Chiuuuuuu... Ouve... Ouves?! Consegues ouvir? É o meu coração... Engraçado, não é?! É como encostar o ouvido a um búzio...Ouve-se tudo... os ventos, as brisas, as ondas do mar!
Sabes, nem sempre foi assim...Houve alturas em que era só um sussuro... um burburinho quase imperceptível... Outras houve em que não se ouvia nada...
Agora é isto... Tudo se ouve se encostares o ouvido aqui, ao lado esquerdo do meu peito! Que alegria! Acho que foste tu... Não sei que varinha mágica agitaste no ar, nem que ventos soltaste para dentro do meu peito, mas acho que foste tu a soltá-los cá dentro! Parecem-me estar todos aqui... Respiro-os! E com eles vêm as ondas que rebentam e se espraiam em mim! Ouves, não ouves?! Se alguém os não ouvisse, não serias tu, de certeza... O meu coração faz barulhos de búzio... Tudo se agita nele... Vens ouvir?!

10 comentários:

Nefelibata disse...

lindo! Adorei!eu consigo ver o rodopiar de ventos dentro de ti ,msm sem encostar o ouvido!.. e ainda bem!..é assim , porque esses ventos soltam de dentro de ti brisas de feliçidade! é bom ver-te assim! =)

juda disse...

Muito bom, pedi a alguém para passar por aqui para contemplar este escrito, também gostou... um abraço...

Luisa Fonseca disse...

Quem maravilha quando tão belas melodias ecoam do nosso peito! Fico feliz por ti :)
Beijinhos

Louco de Lisboa disse...

Que paz ao ler estas tuas palavras...

Kiss, até outro instante.

Tânia Pereira disse...

Já só faltam 6 dias...tá quase a chegar o momento de ele te ouvir mais de perto...e com sotaque!

Ana Fonseca disse...

Nefelibata: Obrigada pelo comentário! E por estares por cá e me aturares os devaneios! Beijinhos!

Juda: Mais uma vez, obrigada pelas palavras... e por trazeres amigos à minha praia... Este espaço não é só meu... É de quem me acompanha!

Mãezinha: :) Beijinhos muito grandes para ti!

Louco de Lisboa: Se sentiste paz, espero que fosse paz que procuravas! Volta sempre... Beijos

Tânia: 4! :)

Anónimo disse...

a tua praia é muito bonita, linda!!e as ondas que nela rebentam mais lindas são...adoro o barulho das ondas e adoro ve-las rebentar á minha frente!!!gosto de me sentar na areia, humida de inverno e sentir na cara o gasoso dessas ondas...podia ficar sempre assim , a sentir as ondas dessa forma..
ou entaõ saltar pra dentro de agua e sentir a preesaõ com que me empurra pra fora, num mergulho frente a frente..tenho uma imagem asssim , da tua praia...
dá me conforto!!!

Ana Fonseca disse...

Anónimo:Ainda bem que te sentes assim bem, nesta praia... não é só minha... é de todos os que se passeiam nela... também é tua! Senta-te na areia, ou mergulha no mar... põe-te confortável e volta sempre!

João Barbosa disse...

Ai!... Ai!... Não digo o que me fizeste sentir!

Ana Fonseca disse...

Diz lá, Joãozinho... Diz lá, diz lá! :)