quarta-feira, 23 de agosto de 2006

Faltas-me!


Sinto a tua falta... Ouço as músicas que eu imaginei que eram nossas, mas nunca o foram, e sinto a tua falta... Sinto os cheiros que se parecem com o teu, mas não o são, e sinto a tua falta... Lembro-me de como eram os tempos em que esses braços se abriam e fechavam comigo presa lá dentro! E sinto a tua falta...
Sinto até a tua falta quando faço aquelas coisas banais que nunca fizemos juntos, mas que eu ousei sonhar fazê-las contigo!
Ispiraste-me palavras, imagens e desejos... tantas vezes! Despertaste-me tantos sentidos... muitos mais que os que conhecia e pensava serem possíveis!
Ainda me arrepiam as memórias... Ainda tento encontrar nelas os sorrisos originais que fizeste nascer só por estares presente...
Até o teu silêncio me faz falta, porque os teus olhos sempre falaram mais que a tua boca!
Quando fecho os olhos, ainda te recordo... És tu quem dança na minha mente!
Foto de Sweetcharade

5 comentários:

A vida passa por ti! disse...

gostei muito. parabens

João Barbosa disse...

:-)

Tânia Pereira disse...

"Falta-me o ar , faltas-me a mim..."Margarida Pinto

Tânia Pereira disse...

Enganei-me. O que queria dizer era "Falta-te o ar, faltas-me a mim".

Nuno Martins disse...

demais... quem me dera que houvesse algumas pessoas a pensar assim de mim!!!

mil beijos