quinta-feira, 6 de julho de 2006

Conversas sonhadas


A noite passada sonhei contigo...
Com tantas noites que tem havido, tinha de ser logo a de ontem, em que me fui deitar com tanta esperança de não me distrair com nada...
Pedi descanso e o que tive foi logo a única coisa que me despertaria até de um sono de Belas Adormecidas!
Apareceste-me tu, com uma cara de sonhos, diferente da tua... os sonhos têm destes truques! Não chegou para me enganar, porque eras tu que ali estavas, mesmo sendo o teu rosto o de uma outra pessoa qualquer!
Parece que fui eu quem te procurou (no sonho, claro está! Já disse que fui para a cama não querendo distrações!) até te encontrar!
E conversámos! Conversámos muito... Toda a noite! Quem me visse a dormir não faria ideia da conversa que me ía nos sonhos!
Foi com ela (a conversa!) que me distraíste... Logo ontem! Numa noite em que só o sono era bem vindo aos meus lençois!
Gostava de saber porque não vieste noutra noite... Numa das que te pedi, por exemplo! Nessas é que devias ter vindo... Tinhamos conversado melhor!

8 comentários:

João Barbosa disse...

escreves tão bonito

Ana Fonseca disse...

:) Obrigada! Beijocas!

João Barbosa disse...

apeteceu-me reler o texto e repetir o que disse. Ana: escreves tão bonito!

Tânia Pereira disse...

Nas terras de sonhos em que somos nós a ser o que queremos, ninguém nunca nos pode levar a mal, sê !!!em sonhos ou não...

Anónimo disse...

quando eu tenho estes sonhos (a sonhar os meus sonhos), eu não quero acordar, quero sempre ficar a sonhar mais um pouco e até tento dormir de novo...risos

Anónimo disse...

este anónimo antes de mim escreve com os pés. não se percebe nada do que quer dizer. há gente que se devia abster de escrever. chiça.

alfacinha disse...

Gostei muito das "areias" e da "onda" da tua praia :)

cloinca disse...

Voltei ao fim de algum tempo para te ler de novo... uma delícia como sempre!
beijinhos rechounchudos,
Cláudia