terça-feira, 21 de novembro de 2006

Essas tuas mãos


Tens umas mãos que se sentem tão bem... Adoro quando as abres como se fossem leques e me abraças e deixas ficar, nas minhas costas, essas mãos abertas de dedos esticados...
Fico a sentir que não estão só nas minhas costas, as tuas mãos... Estão-me por todo o lado... Quase juro que consigo caber toda nas palmas das tuas mãos! Parece que nem precisarias de as passear por mim... Toda eu fico ali, nas tuas mãos que se abriram, nas pontas dos teus dedos, no seu comprimento de dedos habituados a melodias!
Sinto-me grande e pequenina quando tenho essas mãos tuas a prenderem-me e a puxarem-me para ti!
Não sei se algum dia me vais conhecer como conheces a palma da tua mão; nem eu a ti, como conheço a minha... Conheço melhor as palmas das tuas mãos que tudo o resto que há em ti... e as tuas mãos conhecem-me toda, mesmo que seja só de abrires os dedos e me tocares de mãos abertas!
Será que alguma vez já te disse como gosto das tuas mãos e de me sentir nelas?

6 comentários:

Lia disse...

Peço desculpa,mas tive que responder aqui. O teu email diz que tá cheio e n me deixa mandar nada. Eu até podia ir escutar a tua bonita voz mas, eu pensava que sabias, a Inês e a Joana chegam sexta-feira a Cádiz.Qundo é o concerto em Faro?? Não é em Dezembro?? Eu sei que ainda te vou ouvir!! Beijocas grandes e muita merda. AI AI AI essas mãos, vou ter uma conversa com essas mãos...

JoãoBarbosa disse...

:-)

Cláudia Bettencourt disse...

Ai essas mãos...Ainda bem que te fazem sentir assim!Beijos

Luisa Fonseca disse...

Tão lindo!
Fiquei emocionada! Vieram-me à ideia outras mãos, que me faziam sentir assim pequena, ao ponto de caber por inteiro nelas.
Sê feliz!
Beijinhos.

Ana Fonseca disse...

Lia: Deixa lá as mãos! :P Beijocas

João: gosto sempre de te ver a sorrir por aqui...

Cláudia: :)

Mãe: Escreves bem... até me arrepias! :) Beijinhos para ti!

Noa disse...

Aahh! As mãos, as mãos!
Adoro ler, escrever, ouvir falar sobre as mãos!
Um beijo