sábado, 5 de agosto de 2006

Gosto de ser criança


Gosto de ser criança e brincar com os amigos... De rir sem motivo e chorar por qualquer coisa que se esquece logo, logo...
Gosto de ter 5 anos e andar de bicicleta e cair a toda a hora;: magoar-me e levantar-me logo a seguir para cair outra vez mais à frente! Gosto de ter 5 anos e brincar às escondidas porque o mundo é grande e ninguém me encontra se eu não quiser... Tudo é grande menos eu!
Também gosto quando tenho 6 anos porque aprendo as letras e os números... E, ainda assim, posso brincar às escondidas e cair da bicicleta, chegar suja a casa porque aquele gelado me deu trabalho e o chão de terra deixa as suas marcas! Gosto quando tenho 6 anos porque chego a casa a rir sem saber porquê, mas porque me apetece!
Gosto de ser criança... Gosto de ter 5 anos e também gosto de ter 6...

7 comentários:

Montenegro disse...

Pois, parecia e era tudo tão simples, na infância. Sem preocupações nem obrigações. As chatices estavam limitadas a dar cabo do juizo aos adultos e podia-se fazer quase tudo o que se quisesse e o que a imaginação permitisse.
Hoje em dia, vejo pais a proíbirem os filhos de usarem chinelos, porque sujam os pés e filhos seus não andam com os pés sujos, nem que seja durante meia hora ou uma hora, quando a unica coisa que fariam nesse intervalo de tempo seria brincar com os amigos.

Que saudades da infância, de ter os meus 5 ou 6 anos. Mas nem tudo era perfeito, afinal de contas ainda faltava tanto tempo para te conhecer. ;)

Bjs.

Luisa Fonseca disse...

Também eu tenho saudades dessa tua infância. Já nesse tempo tinhas asas, mas eram pequeninas e só te permitiam voar por perto. Com o coração apertado via-as crescer, mas nem assim pensei cortá-las enquanto dormias, pelo contrário quis ensinar-te a voar sozinha e deixei que crescessem.
Hoje são grandes e levaram-te para outros céus longe dos meus, mas não importa. Quero que elas continuem a crescer pois ainda há muito que alcançar. Não desistas nunca de voar, apesar das quedas, tal como o fizeste com a tua primeira bicicleta.

Muitos beijinhos.

João Barbosa disse...

que saudades!...

Ana Fonseca disse...

Só tu, mãe, para quase me fazeres chorar... Lembras-te quando eu era assim, pequenina e julgava que o mundo era grande demais?
Beijos grandes para ti!

alfacinha disse...

me too, me too ;)

Abssinto disse...

Gostei muuuito. sem dúvida a re-visitar esta praia. parabéns.

Filipa Ramos disse...

Que saudades de ser criança... Parabéns, gostei muito