sábado, 3 de junho de 2006

Gritos


Não percebo muito de energias, nem de Física...
Mas um dia disseram-me que libertamos imensa energia num grito!
Eu hoje bem que podia gritar... bem que podia...
Mas deixei-me estar e engoli mais um grito...
Isto anda por aqui cheio de gritos... Eu ouço-os, porque são meus, mas os outros nem desconfiam da gritaria que me vai cá dentro!
Tenho um grito fresquinho misturado com outros que já guardava...
E eu não percebo muito de energias (e nem de Física), mas qualquer coisa me diz que tenho cá dentro energia acumulada para fazer tremer qualquer coisa...
Talvez tivesse mais, se não gastasse tanta a segurar gritos!

3 comentários:

Tânia Pereira disse...

Falas em gritos e eu falar-te-ei por um momento em desculpas.
Perguntaste se estava chateada contigo e respondi-te que não. Desculpas. Já tas pedi mais que uma vez por achar que exagerei na minha preocupação e "intrormetimento".Sempre as recusaste e agradeceste por "entendimento". Tinha que vir o dia em que falaria demais para ti e que não pediria a desculpa quando a deveria sentir.Tinha que haver o dia em que não havia uma desculpa a pedir mas sim a evitar.
Ainda assim, espero que te libertes dessa energia acumulada pois há energia que não é para ser absorvida mas sim libertada. É a que nos faz mal. Qualquer coisa estou por cá.

Nefelibata disse...

Não guardes os teus gritos! Se quiseres, grita comigo, que eu não me importo! Mas grita!...Grita , livra-te dexes gritos!... tu que até tens um grito timbrado! ;P Não guardes tudo só para ti. Não sejas assim, deixa-me gritar contigo tambem!=0 ( solta o grito que há em ti! (lol) bj

U_Viz disse...

Às vezes n gritamos, pq n podemos gritar, às vezes n gritamos pq n devemos gritar, às vezes n gritamos pq n queremos ser ouvidos... será saudável? n sei... se quiseres gritar grita, mas n desperdices essa energia, localiza o teu grito, e faz tremer o que tem de ser tremido, faz ruir o que tem de ser desfeito, faz vibrar o que queres fazer dançar, mas n grites por gritar, pois embora esta seja uma das energias renováveis, não faria sentido desperdiçá-la ao vento! Tenho um filme de anime, que me faz lembrar esta história dos gritos, um dia mostro-te!