sexta-feira, 23 de junho de 2006

Estou farta!!!


Estou farta! Hoje, estou farta! E eu até sou pessoa de compreensões e paciências... Ando sempre a passear-me em cordas bambas, porque me rodeio de pessoas sensíveis e com as suas lágrimas para chorar sempre prontas a derramar-se aos cantos dos olhos...
Mas hoje estou farta! Porra! Tenho esse direito, não?!
É que eu também tenho mágoas cá dentro! Muitas... tenho tantas! Tenho histórias por chorar mas, por ser assim, como sou, não me dou a luxos de ocupar gentes com as lágrimas que deviam cair-me dos olhos... Se as choro, é comigo! Porque são minhas e é assim que eu as suporto!
E, por ser assim, tento arranjar-me como posso para que as coisas me doam menos... E as lágrimas acabam por ficar-se tímidas e com vergonha de cair!
Faço-me em forças para não mostrar fragilidades, se bem que há tanta coisa que se poderia partir em mim!
E hoje estou farta! Porque faço tanta força para seguir em frente... e as pessoas de quem gosto não fazem como eu! Não sei que lhes fazer, nem que lhes dizer! Gostava que fizessem como eu faço... Andar em frente! As lágrimas ficam tímidas quando avançamos...
E estou farta, porque não se percebem!

10 comentários:

João Barbosa disse...

Posso mandar-te um abraço? Apetece-me mandar-te um abraço...

Tânia Pereira disse...

Tens mail porque é mais privado e novelas basta as da tvi...ainda assim, o João abraça-te e eu também.

Ana Fonseca disse...

Obrigada pelos abraços! :)
Abraços para vocês também!

OeuManusDei disse...

mas nao sao as lagrimas as vezes tambem bem vindas? eu tb ja deixei as minhas lagrimas ficarem timidas, mas agora ja sao menos outra vez ;)

gosto de as sentir as vezes...mesmo q mais ng as veja

Anónimo disse...

Não choro... já não consigo, acho que a fonte secou e ás vezes o gelo em mim e tão grande que me assusta...
Por isso dou por bem-vindas as tuas, se as quizeres partilhar
talvez consigas soltar as minhas
e eu possa de novo chorar.

AnonYmouS

João Barbosa disse...

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii o teu comentário no meu blog!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

cloinca disse...

Olá!
Vim cá ter através do blog MCTF... li muitos dos teus posts... e adorei! Consegues em pequenos textos dizer tanto!...
Este é mais um exemplo disso... e identifico-me muito com o que escreves! Muito mesmo! Muitas pessoas me perguntam como é que com tantas adversidades estou "sempre para cima"... é por isso mesmo que dizes... para a frente é que é o caminho.
Revolta-me ver tantos a chorar por ter uma unha partida, sem fazerem nada para que isso não aconteça.
Continua!
Eu vou voltar.
beijinhos,
Cláudia

Betty Branco Martins disse...

Querida Ana

Muitíssimo bem - bravíssimo!

Gostei deste teu grito - às vezes apetece MESMO!!!

Beijinhos

BomFsemana

ismael disse...

Ora ai está o “grito de epiranga”, por vezes faz-nos bem extravassar as nossas emoções, com ou sem lágrimas, o importante é que sejamos nós mesmos, fica bem rapariga.

Luisa Fonseca disse...

É assim mesmo, só as verdadeiras dores nos ensinam a envergonhar as nossas lágrimas, principalmente aquelas que caem por cair. Quem sai aos seus não degenera. Quando a dor nos aperta a alma é bom chorar, mas há que saber limpar as lágrimas e caminhar, nunca deixando de lutar.