sábado, 10 de junho de 2006

Pai-Anjo


Quando era pequenina tinha um pai que me amou sem me ter visto ainda... E quando me viu os olhos amou-me ainda mais!
Era um pai que brincava comigo, que ria comigo, que me passeava e me dava a mão! Que me oferecia os melhores abraços de todos os que experiementei depois desses abraços primeiros!
Tenho saudades do meu pai porque já não o tenho por cá! Ainda me viu crescer e ainda me viu crescida mas foi embora cedo demais! Fez-se anjo o homem que era meu pai! Até aposto que tem asas o meu pai-anjo!
Quando era pequena tinha um pai que me defendia! Agora tenho um anjo que me protege e me sorri das fotografias!
Tenho saudades...

10 comentários:

Luisa Fonseca disse...

Acredito que seja agora um anjo, com umas asas imensas, capazes de proteger todos quantos amou e que foi forçado a deixar, apesar do quanto lutou para o não fazer. Hoje será um anjo ou talvez a estrela mais brilhante do firmamento que continua a sorrir a quantos dele têm saudade.

Ana Fonseca disse...

Sim, mãe... Sem dúvida! se não for um anjo, será a estrela que mais brilha! Eu, pelo menos, vejo-a sorrir! Tu também vês, que eu já sei!
Obrigada pelo comentário! És a mais linda de todas as mães!

Victor Silva disse...

Se bonito foi o post, mais bonitos foram os comentários...Correu-me uma lágrima e olhei para o céu... Procurei então as duas estrelas que simbolizam os meus dois anjos. Só eu sei a falta que me fazem... Aproveita ao máximo a tua mãe e o teu mano...

Betty Branco Martins disse...

Querida Ana

É na tua saudade - que o teu pai, viverá para sempre no teu coração

Com toda a certeza é UM ANJO que te protege.

Um beijo grande

gi disse...

Lindissimo! Fiquei com o coração apertadinho...É com toda a certeza o Anjo que te protege. E que bom que é sentir sempre essa protecção.

calvin disse...

E a saudade alimenta a memória distante, dos que já partiram para a outra pátria, porque o seu tempo se esgotou.
O teu pai-anjo é parte de ti, ainda habita o teu coração e pensamento. Ainda vive na memória dos que o amam. Está presente na ausência física da saudade, que jamais nos deixa sós no mundo.
Tenho a certeza que está junto de ti e que nas alturas de maior incerteza são as suas asas que te amparam, confortam e enxugam as lágrimas.
Texto bonito este!

raiz disse...

E quantos de nós parece que temos pudor em dizer pai eu amo-te! chega a ser ridiculo não é?! gostei muito do teu post, mais uma vez me fez agradecido por duas pessoas que ainda me dão tanto. Fizeste uma boa homenagem fica bem!

Ana Fonseca disse...

Obrigada a todos! Foram outras asas, as vossas , que me protegeram por momentos!

Andreia Costa disse...

Muito bonito! :') Sei do que falas.. Também tenho a minha estrelinha que simboliza o anjo que olha por mim.. e isso sente-se! :) Beijinhos

Jorge disse...

comovente... lindo... senti tudo o q escreveste..